Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Caminhos de rega

por Carlos Neves, em 30.06.22
Pode ser uma imagem de ao ar livre

Pode ser uma imagem de ao ar livre

Pode ser uma imagem de ao ar livre

Ontem usei a velha fresa para limpar as ervas daninhas que cresciam em alguns caminhos de rega. Noutros campos passei a capinadeira para o mesmo fim. Chamamos "caminho de rega" ao espaço livre que deixamos no meio das searas de milho para que possa passar o "trenó" onde está fixado o "canhão de rega", "bico" ou "aspersor". Quando o meu pai comprou esta fresa há 42 anos, não havia caminhos de rega. Colocavam-se os tubos amarelos da "Facar" pelo meio do milho com os pequenos aspersores ou com o tripé do canhão de rega, e era um esforço enorme para mudar a rega de sítio. Depois vieram os tubos brancos da heliflex mas o serviço não melhorou. Antes disso, há 50 anos para trás, também não havia caminhos de rega, regava-se por alagamento com a ajuda de regos abertos pelos arados entre as linhas do milho.

Nessas alturas havia muita gente para o trabalho agrícola e era quase um sacrilégio deixar assim um caminho no meio do campo sem semear. Depois, numa fase de transição, o meu pai passou a semear sorgo na zona do caminho da rega e no cabeceiro, porque "abrir os caminhos" à foucinha e carregar para o reboque ou mais tarde meter à posta na máquina de ensilar era outro frete que exigia a ajuda de jornaleiros e familiares que deixaram de existir. Se os nossos avós vissem estes "caminhos" por semear que hoje deixamos nos campos iam moer-nos o juízo, mas os tempos são diferentes. Antigamente faltava terra para cultivar, hoje falta gente para a trabalhar manualmente, e desta forma com menos gente e com as máquinas conseguimos cultivar mais área que entretanto ficou disponível.

Curiosamente, quando usamos "rega gota a gota" não são precisos caminhos de rega e com as "novas"automotrizes para ensilar (coloquei aspas porque já chegaram há 20 anos à nossa região) também não precisamos destes caminhos para começar a ensilar. Antigamente eram necessários porque a máquina cortava uma linha de milho ao lado do trator.

#carlosnevesagricultor

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:09



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D